|

Trabalhador que morreu soterrado em obra na Capital não usava equipamento; empresa nega

A perícia constatou, no início da tarde desta terça-feira (8), que o trabalhador que morreu em uma obra no bairro do Bessa, em João Pessoa, foi soterrado e estava sem equipamentos de segurança suficientes. A informação foi dada pelo delegado responsável pelas investigações, Luiz Gonzaga Pereira Júnior. A empresa emitiu uma nota desmentindo a versão da Polícia e reafirmou que o funcionário estava com equipamentos.
“Foi uma morte violenta. Fui no local junto com a perícia, quando foi constatado que o rapaz foi soterrado e estava em uma vala com 2 metros e 40 centímetros de profundidade”, informou.
Ainda segundo o delegado, a empresa responsável pelas obras é terceirizada e prestará esclarecimentos ainda na tarde desta terça (8).
NOTA DE ESCLARECIMENTO
Lamentamos muito o acidente ocorrido hoje pela manhã, nas dependências da nossa obra, quando veio a falecer um funcionário da construtora contratada para realização das obras. Ressaltamos que o funcionário estava devidamente registrado, obedecendo à legislação, bem como utilizando equipamentos de proteção individual de trabalho (EPIs). O funcionário foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros e pelo SAMU, mas infelizmente não resistiu.
Informamos que a construtora está prestando toda assistência necessária aos familiares.
Ferreira Costa

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Trabalhador que morreu soterrado em obra na Capital não usava equipamento; empresa nega"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias