|

Preso na PB homem suspeito de atear fogo em fábrica no Ceará

A Polícia Civil da Paraíba, por meio da Delegacia de Repressão a Entorpecentes (DRE) de Campina Grande, em uma ação conjunta com a Delegacia Seccional da cidade de Icó, no Ceará, cumpriu na tarde desta quarta-feira (31) um mandado de prisão preventiva em desfavor de Antônio Lisboa de Carvalho, 51 anos, suspeito de praticar crimes de dano qualificado, ameaça, incêndio e contra a Lei Maria da Penha. A prisão foi realizada no bairro São José, na zona Sul de Campina.
De acordo com as investigações, Antônio, depois de uma briga com a irmã e o cunhado, no dia 10 de junho de 2018, foi até a fábrica de gelo do marido da irmã que fica no município de Icó e ateou fogo na empresa. O incêndio destruiu vários imóveis industriais e comerciais, máquinas e veículos, causando um prejuízo muito grande à vítima. O crime teve uma grande repercussão no município. Na época o caso foi registrado na Delegacia da cidade, mas o suspeito fugiu para Campina Grande.
“Quando recebemos a informação de que o investigado estava aqui realizamos um levantamento na cidade e descobrimos que Antônio estava morando no bairro do Alto Branco. Nesta quarta-feira ele foi visto no bairro São José pelos agentes de investigação da DRE, que abordaram e prenderam o suspeito. Antônio já foi ouvido e nesta quinta-feira (1) será apresentado na audiência de custódia, e em seguida vai ser encaminhado para o Ceará para responder pelos crimes”, concluiu o delegado Ramirez São Pedro.

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Preso na PB homem suspeito de atear fogo em fábrica no Ceará"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias