|

Datafolha: Bolsonaro cresce 3 pontos e chega a 35%; Haddad tem 22%

O Datafolha divulgou na noite desta quinta-feira, 4, uma nova pesquisa eleitoral com as intenções de voto na disputa pela Presidência da República. Líder da corrida presidencial no primeiro turno, Jair Bolsonaro (PSL) passou de 32% para 35% da preferência do eleitorado, 13 pontos a mais que o segundo colocado, Fernando Haddad (PT), que foi de 21% para 22%.

Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB) continuam empatados em terceiro lugar dentro da margem de erro, que é de dois pontos porcentuais, para mais ou para menos. Ciro se manteve com 11% e Alckmin oscilou negativamente um ponto, de 9% para 8%.

Marina Silva (Rede) tem 4%, João Amoêdo (Novo), 3%; Henrique Meirelles (MDB) e Alvaro Dias (Podemos), 2%; e Cabo Daciolo (Patriota), 1%; Guilherme Boulos (PSOL), João Goulart Filho (PPL), José Maria Eymael (DC) e Vera Lúcia (PSTU) não pontuaram. Brancos e nulos somam 6% e indecisos, 5%.


Encomendada pelo jornal Folha de S. Paulo e a TV Globo, a nova pesquisa Datafolha entrevistou 10.178 eleitores, distribuídos em 387 municípios nos 26 estados e no Distrito Federal, entre os dias 3 e 4 de outubro. O levantamento está registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob o protocolo BR-02581/2018. O nível de confiança da pesquisa é de 95%.
Votos válidos

Considerando apenas as intenções de voto válido, quando são excluídos votos brancos, nulos e indecisos, Jair Bolsonaro tem 39%; Fernando Haddad, 25%; Ciro Gomes, 13%; Geraldo Alckmin, 9%; Marina Silva, 4%; João Amoêdo, 3%; Henrique Meirelles e Alvaro Dias, 2% cada; Cabo Daciolo e Guilherme Boulos, 1% cada. Vera Lúcia, João Goulart Filho e Eymael não pontuam.

Apenas os votos válidos são considerados para definir o vencedor de uma eleição. Se um candidato conseguir mais da metade dos votos válidos no primeiro turno, é eleito sem a necessidade de segundo turno.

Votos válidos

Considerando apenas as intenções de voto válido, quando são excluídos votos brancos, nulos e indecisos, Jair Bolsonaro tem 39%; Fernando Haddad, 25%; Ciro Gomes, 13%; Geraldo Alckmin, 9%; Marina Silva, 4%; João Amoêdo, 3%; Henrique Meirelles e Alvaro Dias, 2% cada; Cabo Daciolo e Guilherme Boulos, 1% cada. Vera Lúcia, João Goulart Filho e Eymael não pontuam.
Apenas os votos válidos são considerados para definir o vencedor de uma eleição. Se um candidato conseguir mais da metade dos votos válidos no primeiro turno, é eleito sem a necessidade de segundo turno.

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Datafolha: Bolsonaro cresce 3 pontos e chega a 35%; Haddad tem 22%"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias