|

Sarampo: número sobe para 10 mortes e 1,6 mil casos no país

Morte mais recente ocorreu no Pará e Amazonas e Roraima ainda registram surto da doença; há ainda 7.962 casos suspeitos em investigação no Brasil

O número de mortes e de casos de sarampo subiu no país na última semana. Segundo o boletim do Ministério da Saúde divulgado nesta terça-feira (25), há 10 mortes e 1.766 casos confirmados da doença. Além disso, 7.962 casos permanecem em investigação.
Amazonas e Roraima ainda registram surto da doença. No Amazonas, há 1.367 casos confirmados e 7.863 suspeitos e, em Roraima, 325 confirmados e 99 estão em investigação.
A maioria das mortes foi registrada nesses Estados. Entre os 10 óbitos, 4 óbitos foi em Roraima, sendo 3 estrangeiros e 1 brasileiro, 4 no Amazonas, todos brasileiros, sendo 2 da cidade de Manaus e 2 de Autazes, e 2 no Pará.
Casos confirmados de sarampo foram registrados em outros Estados, mas são considerados isolados: em São Paulo, subiram para três, no Rio de Janeiro permanecem 18, no Rio Grande do Sul subiram de 24 para 29, em Rondônia, se mantiveram em 2, Pernambuco, em 4, e em Sergipe, 4. No Pará, de 13 foi para 14.
O Ministério da Saúde ressalta que os surtos em Roraima e no Amazonas estão relacionados à importação do vírus da Venezuela, pois o genótipo do vírus (D8) que está circulando no Brasil é o mesmo que circula no país vizinho, que enfrenta surto da doença desde o ano passado.
Depois de três semanas após o término da campanha de vacinação contra sarampo e a poliomielite, o país alcançou a meta proposta pelo Ministério da Saúde de vacinar 95% do público-alvo, que engloba crianças entre 1 e 4 anos.
O balanço do governo divulgado no dia 17 de setembro demonstrou que a cobertura vacinal para sarampo foi de 95,3% e, para poliomielite, de 95,4%.
Mais de 4,4 mil cidades atingiram a meta, segundo o Ministério. Quinze Estados alcançaram a meta para as duas vacinas. Outros dois, São Paulo e Tocantins, conseguiram o índice na vacinação de pólio.
Bolinhas pelo corpo? Saiba diferenciar sarampo de catapora:

O sarampo é uma doença altamente contagiosa causada pelo vírus Morbili Vírus. A transmissão ocorre da mesmo forma que a gripe, pelas vias respiratórias, por meio de tosse, espirro e secreções da pessoa infectada. O primeiro sintoma é febre alta, seguida de placas vermelhas na pele, de acordo com dados da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). A pessoa infectada ainda tem mal-estar, se sente prostrada e pode ter conjuntivite.
Fonte: noticias.r7.com

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Sarampo: número sobe para 10 mortes e 1,6 mil casos no país"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias