|

Aniversário do Rei do Ritmo Jackson do Pandeiro!!!

Bom dia galera, no dia de hoje 31/08 em 1919, nascia o mestre Jackson do Pandeiro também conhecido como O Rei do Ritmo.
Cantor, instrumentista e compositor, Jackson do Pandeiro, nasceu em Alagoa Grande, Paraíba e era filho do oleiro José Gomes e da cantora de coco pernambucana Flora Mourão (Glória Maria da Conceição).
Quando pequeno gostava de assistir aos emboladores de coco e repentistas na feira da cidade, assim como adorava cinema, principalmente os filmes de faroeste: “Na época eu brincava de artista, naquele tempo do cinema mudo. Então tinha aquele pessoal do faroeste, e todo menino fazia suas quadrilhas, de índio, de chefe de quadrilha, de bandido, e eu era então o Jack Perry. Comprei um chapelão de palha, um revólver de madeira, e a gente brincava. Depois fui crescendo, tinha que ajudar minha mãe a dar de comer à moçada e tive que trabalhar. Parei com a brincadeira mas fiquei com o nome Jack, só J-a-c-k. Comecei a tocar pandeiro e os caras: – Come que é, e aí, Jack, Jack do Pandeiro… Fiquei sendo Jack do Pandeiro”.
Em 1939, utilizando o nome artístico de Jack do Pandeiro, passou a fazer dupla com o irmão mais velho de Genival Lacerda, José Lacerda, começando a fazer sucesso em Campina Grande.
Quando mudou-se para o Recife, Pernambuco, em 1948, para trabalhar na Rádio Jornal do Comercio, passou a adotar o nome artístico de Jackson do Pandeiro, considerado de maior efeito sonoro, formando uma dupla com o já famoso compositor e apresentador Rosil Cavalcanti.
hermetoejack
Gravou dezenas de músicas que fizeram sucesso nacional como O canto da ema (Ayres Vianna e João do Valle), Chiclete com banana (Gordurinha e Almira Castilho) e Cabo Tenório e Moxotó (Rosil Cavalcanti); 1 a 1 (Edgar Ferreira); Forró em Caruaru (ZeDantas); Como tem Zé na Paraíba (Manezinho Araújo e Catulo de Paula), Casaca de couro (Rui de Morais e Silva); Meu enxoval (Gordurinha e José Gomes);  17 na corrente (Edgar Ferreira e Manoel Firmino Alves); Coco do Norte (Rosil Cavalcanti);  O velho gagá (Almira Castilho e Paulo Gracindo), Vou ter um troço (Arnô Provenzano, Otolindo Lopes e Jackson do Pandeiro) entre muitos outros.
Sua extensa discografia, composta por 137 discos, foi gravada por grandes selos nacionais, como Copacabana (1953-1958), Columbia (1958-1960), Philips (1960-1965), Continental, Cantagalo, CBS, Chantecler, Polygram.
Fágner, Moraes Moreira, Zé Ramalho e Jackson
Expoentes da Música Popular Brasileira, como Luiz Gonzaga, Alceu Valença, Gilberto Gil, Caetano Veloso, Gal Costa, Elba Ramalho, Geraldo Azevedo, gravaram alguns dos seus delos sucessos.
Parabéns mestre e obrigado pelo grande riqueza deixada para nós!!!!!!!

Jackson do Pandeiro – Arquivo N


Jackson  do Pandeiro – Chiclete com Banana


Jackson do Pandeiro – Sebastiana (TVE, 1979)


Jackson do Pandeiro – Cantiga do Sapo/Lampião (Ao Vivo em SP, 1982)


Jackson do Pandeiro – Forró em Limoeiro


João Bosco e Nico Assumpção – Bate Um Balaio ou Rockson do Pandeiro
(João Bosco – “Sempre fui fascinado por ele. A gente tinha um projeto de fazer vários shows junto pelo País, mas acabou não dando certo por causa de falta de grana. Tive a oportunidade de dizer ao Jackson o quanto admirava o seu trabalho. Gravei uma música em homenagem a ele – “Batiumbalaio – Rockson do Pandeiro. Coloquei Rockson porque achava que o som dele tinha muito de rock-and-roll”.)


Alceu Valença e Zé Ramalho – Coração Bobo
(Alceu Valença – “Quando criança ouvia muito Jackson do Pandeiro nos alto-falantes da feira de São Bento. A música dele é a trilha sonora da minha infância, tem cheiro de fumo de rolo. Talvez eu tenha sido o músico que mais se aproximou de Jackson no fim da carreira. Viajei o Brasil inteiro com ele em 1977, com o Projeto Pixinguinha. Depois dessa excursão, fiquei deslumbrado e resolvi compor o meu primeiro forró: “Coração Bobo”.)


Sebastiana – Lenine


 

No dia 10 de julho de 1982 morria o paraibano José Gomes Filho, o famoso Jackson do Pandeiro. O cantor e compositor brilhou no forró e no samba, assim como no baião, xote, xaxado, coco, arrastapé, quadrilha, marcha, frevo, dentre outros. Depois de uma carreira artística marcada pelo talento ao manusear o pandeiro, Jackson morreu aos 62 anos de idade, ainda muito ativo, em Brasília com embolia pulmonar e cerebral.

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Aniversário do Rei do Ritmo Jackson do Pandeiro!!!"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias