|

Filho confessa que planejou a morte do pai e polícia diz.

Herick Ramos, suspeito de planejar o assalto que terminou com a morte do pai o Severino Marciel, que era o gerente do posto de combustíveis que foi assassinado no dia 26 de maio em João Pessoa, teve a prisão temporária decretada.  Ele foi preso na noite desta sexta-feira (1) quando participa da missa de 7º dia da morte do próprio pai.
O delegado Wagner Dorta, responsável pelas investigações, revelou que o jovem confessou que planejou o crime. Entretanto disse que o objetivo era apenas roubar.
“Na frente dos advogados, ele confessou. Herick disse que tinha uma dívida de R$ 1 mil e estava sendo cobrado. Mas, temos
Provas que desmente essa versão dele. O rapaz ainda disse que o pai era acostumado a reagir a assalto”, disse o delegado.
Dorta falou que a suspeita sobre a prisão do filho surgiu após os outros dois envolvidos serem presos e confessarem que o crime teria sido planejado pelo Herick. 
“ O pompom e o Eri Jonhson delataram que o crime foi planejado pelo filho do gerente. Ele, inclusive, estava perto da cena do crime e monitorava tudo. O Herick foi quem passou todos os detalhes do pai e o Momento exato da dupla agir”, falou o policial. 
Herick já tem passagem pela polícia ao ser flagrado com cocaína. Ele também é suspeito de assalto a farmácia. 

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Filho confessa que planejou a morte do pai e polícia diz. "

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias