|

Catador confessa estrangulamento de estudante, diz polícia

O catador de materiais recicláveis Gilmar Dantas dos Santos, 41 anos, levou um susto quando abriu a porta de casa na manhã desta terça-feira (19). Policiais da Delegacia de Homicídios de Feira de Santana chegaram cedo na Rua Porto Seguro, no bairro Jardim Cruzeiro, para prendê-lo pelo estupro e assassinato da estudante Bruna Santana Mendes, 16, em fevereiro deste ano. Ele confessou o crime.
O titular da Delegacia de Homicídios de Feira, Fabrício Linard, contou que Gilmar não resistiu à prisão. Ele entrou na viatura e foi levado até a delegacia, onde contou aos policiais o passo a passo até o assassinato da estudante. O catador já é investigado por outros dois processos por estupro, em Conceição do Jacuípe, município vizinho.
A prova surgiu na sexta-feira (15), quando o exame de DNA que analisou o material encontrado embaixo das unhas de Bruna comprovou que era de Gilmar. A polícia acredita que a jovem lutou para tentar escapar das agressões e arranhou o assassino, o que permitiu que o DNA dele ficasse nas unhas dela.
Se liga Alagoinha

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Catador confessa estrangulamento de estudante, diz polícia"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias