|

Pelo menos oito açudes sangram no Sertão e Agreste da Paraíba após fortes chuvas

Pelo menos oito açudes estão sangrando na Paraíba, após o nível aumentar com a chegada das chuvas. De acordo com a Agência Executiva de Gestão das Águas (Aesa), alguns açudes saíram de um nível com 0% da sua capacidade, para o limite máximo, em apenas uma semana.
O açude Bom Jesus, que fica no município de Carrapateira, ultrapassou a sua capacidade total de águas, chegando a atingir 107,89%. A capacidade total do açude Bom Jesus é de 343,8 mil metros cúbicos, mas chegou, nesta semana, a 370,9 mil metros cúbicos.
Quase na mesma situação também estava o açude São José I, em São José de Piranhas, que saiu de 1% para 103% da capacidade máxima de água. Foram mais de 100 mil metros cúbicos de água transbordando na região.
Já o açude Cachoeira da Vaca, em Cachoeira dos Índios, tinha apenas 8% da sua capacidade total de águas durante o mês de janeiro. Em abril, o açude transbordou pelo menos 20 mil metros cúbicos de água.
Os açudes de Araçagi e Cafundó também sangraram no início do mês de abril e permanecem com o máximo da capacidade de águas. O mesmo aconteceu com os açudes Olho D’Água, Pimenta e Vazante.
O açude Manoel Marcionilo, em Taperoá, transborda desde a última segunda-feira (9), por causa das fortes chuvas na região. O manancial está com mais de 15 milhões de metros cúbicos, o que resolve o abastecimento na região de Taperoá.

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Pelo menos oito açudes sangram no Sertão e Agreste da Paraíba após fortes chuvas"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias