|

Julgamento da promotora suspeita de comprar votos 'com cachaça' deve acontecer nesta segunda-feira (5)

Está marcado para esta segunda-feira (5) o julgamento da promotora de Justiça Ismânia do Nascimento Rodrigues Pessoa da Nóbrega, filha de Eunice Pessoa (PSB), atual prefeita da cidade de Mamanguape, no Litoral Norte paraibano.
Ismânia é acusada de corrupção eleitoral, devido a suposta compra de votos nas eleições de 2016. Inicialmente programada para acontecer na última quinta-feira (1º), a ação foi remarcada pelo Tribunal Regional Eleitoral da Paraíba (TRE-PB).
Além de Ismânia, José Marcos Côrte Nóbrega (marido) e Moacyr Emilton de Figueiredo Cartaxo (empresário) também serão julgados. A ocasião pode direcionar o recebimento ou não da denúncia coordenada pelo Procurador Regional Eleitoral.
Se acatada, a denúncia se transformará em ação penal após recebimento da Justiça Eleitoral.

A denúncia

Protocolada no dia 8 de março de 2017, a denúncia cita um áudio em que Ismânia é flagrada na tentativa de comprar vereadores da oposição. O suposto objetivo da negociação era de conquistar apoios à candidatura de Maria Eunice e Baby Helenita (PRTB). De acordo com a denúncia, o valor de R$ 5 mil foi oferecido aos representantes além de benefícios como 'empregos, combustível e cachaça'.
Ismânia chegou a ser afastada do cargo. A decisão foi do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP). Entretanto, em outubro, o ministro Ricardo Lewandowski suspendeu a decisão. Agora, Ismânia só pode ser afastada em definitivo após julgamento da ação.
  com T5

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Julgamento da promotora suspeita de comprar votos 'com cachaça' deve acontecer nesta segunda-feira (5)"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias