|

Universitária de 18 anos morre após ser incendiada com a família dentro de casa.

Morreu nesta quarta-feira (21) a universitária Juliana Oliveira, que sofreu queimaduras em um incêndio na residência junto com a família, em Assaré, no interior do Ceará. Ela estava internada há 11 dias no Hospital Instituto Doutor José Frota, em Fortaleza, e havia sofrido queimaduras em 85% do corpo.


O pai de Juliana, João Batista de Oliveira, era o suspeito de atear fogo na casa junto com a família em 10 de fevereiro e morreu na madrugada de segunda-feira (19). Ele havia sofrido queimaduras em 95% do corpo.

Juliana Rodrigues tinha 18 anos e era estudante de Economia na Universidade Regional do Cariri (Urca).

Outras duas pessoas da família ficaram feridas no incêndio, a mulher e um filho de 11 anos de João Bastista. Eles tiveram ferimentos menos graves, receberam atendimento médico e estão em casa.

As causas do crime ainda não foram esclarecidas. Policiais de Assaré, município onde ocorreu o caso, aguardam a recuperação das sobreviventes para ouvi-las.

Moradores da comunidade retiraram a família da casa em meio às chamas. O vizinho Francisco Lima disse à TV Verdes Mares que viu a fumaça na residência e o desespero dos moradores para salvar a família. Eles arrombaram a porta e conseguiram retirar os quatro feridos. Juliana foi a primeira a ser retirada.

Um outro vizinho disse que o marido, suspeito do crime, é tido como uma pessoa tranquila, mas no momento do crime estava bêbado. Segundo ele, a mulher pediu a separação, e o agricultor não aceitou.Com G1

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Universitária de 18 anos morre após ser incendiada com a família dentro de casa."

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias