|

Tribunal de Contas investiga denúncia de superfaturamento na prefeitura de Alagoa Nova/PB

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE) investiga uma denúncia de superfaturamento e pagamento de serviços não executados pelo prefeito Aquino Leite (PSDB) atual gestor da cidade Alagoa Nova, no Brejo do estado.
De acordo com o processo de número 72365/2017, o atual gestor gastou cerca de R$ 200 mil reais nas festividades do São João na cidade.
Dentre as irregularidades constatadas, está a locação de palco e estrutura por valor superior a R$ 80 mil e gasto com fogos de artifício pelo montante de R$ 23 mil.
A denúncia ainda apresenta um fato curioso: A Banda Karkará se apresentou na cidade de Alagoa Nova no dia 24 de junho por R$ 25.000,00, e no mesmo dia se apresentou na cidade de Boqueirão por R$ 14.000,00, ou seja, onze mil reais mais barata. Além disso, foi pago 10 mil reais à Banda Tempero Completo, que não se apresentou nas festividades em momento algum.
A divulgação dos valores gastos na festa gerou muita repercussão na cidade, que atravessa por sérios problemas administrativos e cortes de gastos, como por exemplo a determinação de suspender a alimentação de pacientes do Hospital Municipal.
A assessoria do prefeito Aquino Leite não foi encontrada para falar sobre a denúncia. O blog também tentou contato com o prefeito Aquino, no entanto, o gestor não foi localizado na prefeitura e não atendeu às ligações de nossa redação via celular.

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Tribunal de Contas investiga denúncia de superfaturamento na prefeitura de Alagoa Nova/PB"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias