|

Médico recusa socorro a recém-nascido e é preso

O médico Paulo Roberto Penha Costa, de 44 anos, foi preso na madrugada desta quinta-feira (1º) após negar socorro a um recém-nascido, que acabou morrendo, no município de Pinheiro, a 333 km de São Luís.

Segundo informações da Polícia Militar, o recém-nascido chegou em estado grave ao Hospital Materno Infantil em uma ambulância da cidade de São Bento, que fica a 63 km de Pinheiro. No entanto, Paulo Roberto alegou que não atenderia um paciente de outro município por determinação do hospital.

O G1 entrou em contato por telefone com o advogado do médico, mas ele ainda não atendeu as ligações. A direção do Hospital Materno Infantil de Pinheiro informou que se pronunciará por meio de nota.

Paulo Roberto foi autuado em flagrante por homicídio culposo e, se não pagar fiança correspondente a 50 salários mínimos (equivalente a R$ 47,7 mil) será transferido para o presídio ainda nesta quinta.

G1

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Médico recusa socorro a recém-nascido e é preso"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias