|

Polícia Militar da PB divulga nota sobre atos de vandalismo no protesto em defesa de Lula na capital



A Polícia Militar da Paraíba, através de sua Coordenadoria de Comunicação Social, divulgou uma nota na tarde desta quarta-feira (24) em que esclarece o ocorrido no conflito entre policias e manifestantes, que aconteceu em frente à sede da Justiça Federal pela manhã.
O protesto foi realizado por representantes do Movimento dos Trabalhadores Sem Terra e da Frente Brasil Popular, em defesa dos direitos do ex-presidente Lula de ser candidato nas eleições de 2018. Em determinado momento, os manifestantes tentaram invadir a Justiça Federal da Paraíba e precisaram ser contidos pela PM.
A nota declara que o fato foi registrado por volta das 10h, e que os integrantes do protesto tentaram forçar o portão do local e usaram pedras como ameaça. Por conta disso, a polícia precisou utilizar balas de borracha para controlar a situação. O conflito acabou deixou manifestantes e policiais feridos, sendo que um deles levou uma pedrada no rosto.
Tocador de vídeo
00:12
00:12
O comunicado ainda ressalta que a mobilização foi realizada de forma pacífica, com exceção deste fato isolado. Confira a nota na íntegra:
“A Coordenadoria de Comunicação Social da Polícia Militar da Paraíba informa que a segurança continua reforçada no Estado para garantir a livre manifestação pública e salvaguardar a integridade das pessoas e dos órgãos públicos, como aconteceu durante a manhã, quando um grupo de manifestantes tentou invadir e depredar a sede da Justiça Federal, no bairro Pedro Gondim, em João Pessoa.
O fato foi registrado por volta das 10h. Os manifestantes chegaram e tentaram derrubar o portão, gritando palavras de ordem. Os policiais federais e militares tentaram negociar, mas os manifestantes passaram a forçar ainda mais o portão e arremessar pedras, o que obrigou a polícia a usar os meios menos que letais para impedir a invasão e outros danos.  Três policiais militares ficaram feridos, um deles com uma pedrada no rosto. Um manifestante foi encaminhado para ser ouvido na central de polícia.
Fora este fato, que chegou a ser divulgado de forma deturpada por algumas pessoas que tentaram tirar proveito político da situação, mas que logo foram desmentidas com a divulgação dos vídeos completos (sem edições) sobre o que realmente aconteceu, as manifestações seguem de forma pacífica.”


Coordenadoria de Comunicação Social da Polícia Militar da Paraíba

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Polícia Militar da PB divulga nota sobre atos de vandalismo no protesto em defesa de Lula na capital"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias