|

Durante um ano, prefeito de cidade paraibana só trabalhou 4 dias

"Ele deveria assumir o que prometeu ao povo". Esta fala é de um morador da cidade de Desterro, localizada no Sertão Paraibano. O município passa por uma situação incomum por conta de um 'imprevisto' oriundo da prefeitura da cidade. Com posse tomada em 5 de janeiro de 2017, o prefeito Didi (PR) soma apenas 4 dias de trabalho a frente da gestão.

Após assumir a prefeitura, Didi solicitou a primeira licença médica - sem comprovação via atestado médico - aos vereadores do município. O pedido foi acatado e o representante passou 6 meses longe da prefeitura. A segunda demanda ocorreu logo ao término da primeira. Com um atestado apresentando várias patologias, entre elas estresse e diabetes, Didi teve o pedido autorizado e passou mais 6 meses afastado. E em 2018 já acumula uma nova solicitação, provocada por cardiopatia.

Didi aguarda pela volta dos vereadores - que deve acontecer em fevereiro - para saber qual será o destino. A prefeitura segue coordenada pelo vice, que é primo do gestor. Entretanto, a cidade acumula problemas, como a falta de pagamento dos servidores.

Atualmente, o prefeito mora em São José do Egito, no estado de Pernambuco. Acredita-se que ele administra uma rede de postos de combustíveis que pertence a família.

Em entrevista à TV Asa Branca, Didi disse que não há irregularidades nos pedidos. "Não tenho nada a esconder. Não sou remunerado pela prefeitura", disse. Entretanto, de acordo com o Tribunal de Contas da Estado (TCE-PB), ele continua recebendo R$ 10 mil por mês pelo cargo.AG1 com Portal T5

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Durante um ano, prefeito de cidade paraibana só trabalhou 4 dias"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias