|

População reclama por falta d´água em Alagoa Grande. Veja nota emitida pela CAGEPA

Caixa d'água, jarra e baldes. Diante do problema constante de falta de água, moradores de Alagoa Grande se utilizam desses recipientes para armazenar água diariamente devido à interrupção do fornecimento do serviço. O que poderia ser ocasional, para hoje é rotina em todo o município.


Para solucionar o problema da falta de água do município, o Governo do Estado inaugurou em abril de 2016, a Barragem de Pitombeira, localizada no município de Alagoa Grande, e com as chuvas caídas neste ano atingiu sua capacidade máxima, chegando a sangrar.


A Barragem de Pitombeira ocupa uma área de 69 hectares e tem 120 metros de comprimento, e acumula grande volume de sua capacidade total, que é de quase 3 milhões de metros cúbicos, mas como não foi feito um sistema adutor novo para abastecer Alagoa Grande, aproveitou-se o sistema de Serra Grande que é bastante antigo, ainda feito a base de amianto, elemento químico causador do câncer, não aguenta o volume de água para um total abastecimento do município, vindo constantemente a encanação estourar. Sendo assim a população não aguenta mais tantos aviso de falta de água.
Recentemente foi enviada a redação do portal Marcos Andrade através de e-mail uma nota de esclarecimento da CAGEPA, emitida pela assessoria de comunicação da empresa, não sendo convincente com a realidade do volume de água que a barragem hoje acumula.
Confira a nota abaixo da CAGEPA e compare com o comentários da matéria:
A CAGEPA informa aos clientes da cidade de Alagoa Grande que em razão da
estiagem prolongada e consequente esvaziamento do Riacho do Quinze – o sistema opera
com limitações – sendo necessário a instituição de rodizio do abastecimento.
Esta medida visa promover um abastecimento igualitário para toda a cidade, de modo a
atender todos os bairros, já que atualmente o sistema é alimentado, exclusivamente, pelo
manancial de Pitombeira, cuja adução é insuficiente para atender a demanda total.
Informamos ainda que a companhia está realizando testes no sistema para iniciar a
operação do abastecimento de água do distrito de Zumbi, a partir de dezembro do corrente
ano, em regime de racionamento.
Por fim, a CAGEPA informa que o abastecimento voltará a sua normalidade após a
ocorrência de chuvas e consequente contribuição do Riacho do Quinze.






Guarabira, 29 de novembro de 2017
Gerência Regional do Brejo 

Portal AG1 com Portal Marcos Andrade

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "População reclama por falta d´água em Alagoa Grande. Veja nota emitida pela CAGEPA"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias