|

Pai detona granadas em julgamento de suspeitos de matar o filho e só ele morre

Justiça com as próprias mãos? Nem tanto. O pai de um jovem assassinado na Ucrânia resolveu detonar granadas contra os suspeitos da morte dele em pleno julgamento, nesta quinta-feira. Só ele morreu, enquanto sete pessoas ficaram feridas (entre elas, os réus).
De acordo com a polícia de Nikopol, na região de Dnipropetrovsk (Leste), o homem não identificado explodiu duas granadas na manhã de quinta-feira após o anúncio do adiamento do julgamento.
Os suspeitos estavam sendo algemados para voltarem a aguardar o veredicto em regime fechado.
“O homem morreu na hora. Três réus, dois funcionários carcerários, um membro da corte e um civil ficaram feridos. Todos foram levados ao hospital.
As janelas ficaram quebradas e sangue era visto por toda a sala de julgamento.
Os suspeitos são acusados de dispararem com rifles, em fevereiro de 2016, contra um carro com dois passageiros, numa suspeita de emboscada relacionada ao tráfico de drogas. Os dois passageiros morreram no ataque.








O Globo

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Pai detona granadas em julgamento de suspeitos de matar o filho e só ele morre "

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias