|

Na Paraíba, 68 pessoas foram vítimas de choques elétricos em 2017

Acidentes por conta de choques elétricos são mais comuns do que se imagina. E quando se fala de crianças o cuidado precisa ser redobrado, já que elas não têm ainda tamanha noção do perigo e em uma brincadeira no dia a dia podem acabar sofrendo um acidente com tomadas.
Dados do Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa informam que 81 pessoas foram vítimas de choque elétrico no ano passado na Paraíba, e os números deste ano também não são nada agradáveis: 68 pessoas acidentadas até o mês de setembro de 2017.
O tenente do Corpo de Bombeiros Eliúde Santiago alerta que os cuidados não devem ser tomados apenas com tomadas e equipamentos, mas a rede elétrica também precisa passar por uma revisão. “Esse material de que são feitas as instalações da rede elétrica de modo geral, a cada 20 anos precisam ser revisados, porque há um desgaste natural que a própria eletricidade causa nas instalações elétricas de nossas casas”, afirma.
E com relação aos primeiros socorros quando há um acidente desse porte, o tenente explica como as pessoas que estiverem por perto devem proceder. “A primeira coisa que você deve fazer, com certeza, é ligar para o Samu ou para o Corpo de Bombeiros”.
“O choque trás queimadura e quando ele atravessa o nosso corpo causa uma parada cardíaca. Se a pessoa tiver algum tipo de treinamento, ela pode fazer uma reanimação cardiopulmonar. Caso não tenha e a vítima der sinais de convulsão, a pessoa deve liberar as vias aéreas para que o acidentado possa respirar, e em seguida esperar o socorro”, completa.

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Na Paraíba, 68 pessoas foram vítimas de choques elétricos em 2017"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias