|

Homem esmaga os dedos e corta as mãos da esposa após pedido de divórcio

Mãe de duas crianças, a russa Margarita Grachyova, de 24 anos, se recupera de uma cirurgia após ter as duas mãos cortadas por seu marido ao pedir o divórcio. Dmitry Grachyov, de 25 anos, acusou a mulher de "estar tendo um caso com um colega de trabalho" e, então, decidiu realizar o ataque há pouco mais de uma semana.
O homem, que não quer aceitar o divórcio , a levou para o hospital e, em seguida, confessou o crime para a polícia. Margarita relata que teve os dedos esmagados por um machado e depois, as mãos cortadas. Em uma cirurgia de nove horas, ela teve a mão direita costurada, e diz estar feliz em recuperar os movimentos.
Em um vídeo, a mulher agradece aos amigos e pessoas que se sensibilizaram com o caso. Ela também diz ser grata pela ajuda financeira que está recebendo, que será importante para a compra da prótese de que precisará futuramente.  Além disso, afirma estar ansiosa para voltar para seus filhos, de três e quatro anos.
"Minha principal esperança agora é que minhas mãos voltem ao normal. Espero poder cuidar dos meus filhos, caminhar com eles, abraçá-los", expôs no vídeo feito direto da cama do hospital.
Agressões passadas e medo da morte
Grachyov agora enfrenta uma longa sentença de prisão, mas Margarita ainda teme por sua vida quando ele for liberado. "Tenho medo. Não sei o que acontecerá quando sair da prisão. Ele disse que voltaria para me matar", relata.
Depois de ver uma série de mensagens trocadas entre Margarita e Alexander, o marido violento tirou as próprias conclusões. "Dmitry ameaçou jogar ácido em mim. Eu fiquei em choque, assustada, pois ele dizia "se estamos juntos, será para sempre"".
A mulher acrescenta que se questionava sobre o comportamento do marido, tendo a impressão de que ele não era ""muito normal". Ela alega já ter sido obrigada por ele a passar por detector de mentiras para provar que não tinha o traído.
Quando o relacionamento se tornou insustentável, tentou se divorciar civilizadamente. Questionada sobre o castigo que o ex-marido merece, desabafa: "Eu não sei. Só gostaria que ele entendesse que não é bom fazer essas coisas, especialmente porque eu sou a mãe de seus filhos".
Amigo de Margarita, Alexander Cherkasov disse estar chocado, e confirmou que ele e a vítima de violência doméstica jamais tiveram um caso. "Somos apenas colegas", pontuou. O médico cirurgião Timofey Sukhinin informou que a paciente está se recuperando muito bem e que se surpreende com o bom humor  com que ela está levando a situação. "Ela teve as mãos cortadas depois de pedir o divórcio e mesmo assim se mantém alegre. Eu realmente a admiro. Ela está muito ansiosa para melhorar e reencontrar os filhos", conclui.
AG1 com IG

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Homem esmaga os dedos e corta as mãos da esposa após pedido de divórcio "

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias