|

Filho é condenado a 30 anos de prisão por ter matado a própria mãe a tiros em Araçagi

O Conselho de Sentença do Tribunal do Júri da Comarca de Araçagi condenou, na sexta-feira (10), a 30 anos de reclusão, em regime inicialmente fechado, um homem acusado de matar a tiros a própria mãe, de 82 anos. 
O crime aconteceu no dia 30 de maio de 2009, quando a vítima foi assassinada em frente a sua casa, na Zona Rural de Araçagi. No dia seguinte ao óbito, os filhos da vítima promoveram às pressas o seu enterro, espalhando a notícia de que a ela teria morrido de uma queda em seu quintal.
Ainda de acordo com os autos, o cortejo fúnebre foi interrompido pela polícia que recebeu denúncias de que a vítima havia sido assassinada com disparo de arma de fogo, o que se comprovou por laudo pericial feito mais tarde.
Na sentença, o juiz Fábio Brito reconheceu a presença de circunstâncias judiciais desfavoráveis ao acusado, apontando a acentuada reprovabilidade da conduta, bem com a existência da reincidência e várias outras agravantes, o que levou à fixação da pena no patamar máximo para o crime, ou seja, 30 anos de reclusão. 
Com Portal Correio

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Filho é condenado a 30 anos de prisão por ter matado a própria mãe a tiros em Araçagi "

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias