|

Condutor do Samu foi morto com quatro tiros, confirma perícia

O motorista do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) que morreu após o carro capotar em João Pessoa teria sido vítima de homicídio, segundo informou a Polícia Civil após a perícia feita no local na manhã desta segunda-feira (20). De acordo com o delegado Alberto Jorge, a suspeita inicial era de que a vítima teria morrido por causa do acidente, mas os peritos encontraram marcas de tiros na cabeça dele.
“Provavelmente a dinâmica do fato nos leva a concluir inicialmente que ele sofreu os disparos, provavelmente após uma perseguição, e após receber os disparos, perdeu o controle do veículo e capotou”, informou o delegado.
O corpo do motorista foi achado por moradores do sítio Engenho Velho, que passavam por uma estrada de terra quando viram o carro capotado na lateral da via, em um trecho elevado, e o corpo embaixo, fora do veículo. O Samu foi chamado e ao chegar no local os socorristas confirmaram a morte e identificaram a vítima como sendo um motorista do serviço em João Pessoa.
Adilson Otaviano estava de folga no domingo (19) e passou o dia com a família. Segundo os familiares, ele saiu à noite para assistir uma vaquejada na cidade de Mata Redonda e não voltou no início da manhã. Ainda de acordo com os familiares, a vítima não tinha inimigos e ninguém sabe os motivos do crime.
G1

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Condutor do Samu foi morto com quatro tiros, confirma perícia"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias