|

Garoto com deficiência foi deixado na Escola em dia de passeio coletivo

Um menino com paralisia cerebral foi excluído de uma atividade escolar em Belo Horizonte. Adriane Cruz disse que o filho foi barrado da visita ao cinema e ficou das 7 às 11 horas circulando com um funcionário em sua cadeira de rodas na escola municipal onde estuda.
Nas redes sociais em postagem do dia 29 de agosto , Adriane diz que o projeto de inclusão nunca foi aplicado nas escolas por onde o filho passou. "Ele não vai aos passeios da escola. Neste ano nem mesmo convidado a festa junina da escola foi". Em outras atividades diziam que "estava frio", ou "que não sabem qual será a reação dele e que o garoto grita e levanta a perna?"
 A postagem gerou 12 mil reações no Facebook, 6,5 mil compartilhamentos da história e mais de 3 mil comentários.
 A Secretaria Municipal de Educação de Belo Horizonte  afirmou em nota que este fato não é a orientação para a rede de ensino municipal. "Todas as escolas são orientadas a desenvolver atividades que contemplem a participação dos estudantes com deficiência e que foi realizada uma reunião com a mãe, direção da escola, professores do estudante, coordenação da escola integrada e a diretora regional de educação para esclarecimento dos fatos e reforço dos preceitos da política de inclusão, de maneira a garantir que esse fato não se repita".

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Garoto com deficiência foi deixado na Escola em dia de passeio coletivo"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias