|

Estuprador com fetiche por sexo anal afirma à delegada que violentou bebê de 7 meses na frente da mãe

Este caso ainda está repercutindo em Manaus por tamanha a crueldade desse casal que cometeu o estupro de uma bebê de apenas 7 meses.

Nas redes sociais é possível observar a revolta das pessoas. Segundo o exame do IML, a bebê foi estuprada outras vezes. O ânus da criança está bastante machucado e com marcas antigas de violência sexual.

A mãe da criança contou que era apaixonada pelo homem e por isso nunca contou para ninguém o que ele fazia.

Delegada não acreditou que casal era capaz de cometer esse crime

“Isto foi uma alegação da mãe da criança, que ficava com ele há muito tempo com ele. Ela afirmou que ele tinha fissura por isso”, declarou a delegada titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca), Juliana Tuma, em coletiva de imprensa  para falar sobre o caso da mãe e do pai, presos após estupro contra uma bebê de apenas 7 meses, ocorrido no dia 31, em um motel da Zona Leste de Manaus.

Ainda segundo informações da delegada, os abusos ocorriam há muito tempo, inclusive, a mãe da vítima, de 24 anos, também chegou a ser abusada pelo criminoso, mas após ter engravidado, ela se apaixonou por ele. Pelo fato de ela ter se apaixonado, não tinha coragem de denunciá-lo.

 
Mãe disse que não denunciava o homem devido ser apaixonada por ele

“Ela contou que sempre fez relação sexual não consentida, mas depois da gravidez disse que se apaixonou”, contou Tuma.

“Nós chegamos a duvidar quando a situação chegou na delegacia, porém quando o laudo saiu do IML não deixou nenhuma dúvida de que aquela criança estava muito machucada, e que estava sendo machucada há muito tempo. Pelas circunstâncias, a gente também acredita que ele tenha tentado abusar da criança na parte ‘da frente’ da vítima, mas o que está muito e absolutamente evidenciado é na parte de trás”, comentou a delegada.

Nas redes sociais as pessoas estão revoltadas com o caso. (Fotos: Divulgação)

A criança foi acolhida e submetida a atendimento médico. Os dois foram flagranteados pelo crime de estupro de vulnerável.

A bebê foi encaminhada para um abrigo.

Casal não levanta suspeita das pessoas 

Casal no IML, onde exames comprovaram o estupro da bebê
(Fotos: Divulgação)

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Estuprador com fetiche por sexo anal afirma à delegada que violentou bebê de 7 meses na frente da mãe"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias