|

Bosco Carneiro consolidado, Sobrinho procurando se firmar e Bôda politicamente asfixiado

A política alagoagrandense paulatinamente começa a apresentar uma nova formatação.
O prefeito Sobrinho, ainda que de forma atabalhoada, vem buscando se consolidar como uma liderança política a partir do momento em que resolveu adotar alguns critérios básicos, como o de enfrentar "de cara" alguns de seus algozes políticos que faziam parte de seu governo; e que ao perceber que iria ser traído, tratou logo de exonerá-los. É óbvio que restam alguns resquícios, mas Sobrinho sabiamente está avaliando o comportamento deles para em breve tomar outras medidas.
E assim, com essas ações, fica mais do que evidente que o intuito do Chefe do Executivo alagoagrandense é não só o de enxugar a máquina administrativa, mas também fazer um "pente fino" naqueles que não pretendem acompanhá-lo nas eleições vindouras.
Essas medidas drásticas tomadas pelo prefeito tem tido um efeito positivo a seu favor, pois tem conquistado várias lideranças políticas que eram tidas como "pessoas de confiança" do ex-prefeito Bôda. Consequentemente, Sobrinho vem fazendo um verdadeiro"desmanche" político na equipe do ex-prefeito Bôda.
Por sua vez, Bôda que, ao observar que estaria perdendo várias "peças" dentro de seu xadrez político, tratou logo de deixar de lado suas mordomias litorâneas, e começou a visitar Alagoa Grande, fazendo aquela velha prática política de interior; mesmo sabendo que passou os seus últimos 4 anos à frente da prefeitura e não fez absolutamente nada pelo Município.
Sobrinho, com seu jeito "rude" (para alguns), vem ganhando adeptos para a sua corrente política como: Os vereadores Marcelo de Canafístula e Cláudio Barbosa, ambos que pertenciam aos quadros políticos do ex-prefeito. Sobrinho também conquistou o apoio da Secretária Mônica dos Santos e Paulo da "EMATER", duas "peças chaves" da política de Bôda. Assim, fica mais do que claro que Sobrinho já conseguiu "minar" as ações do ex-prefeito, que pelo jeito terá uma missão quase impossível para recompor seu quadro político, já que saiu da prefeitura bastante desgastado.
Pelo "andar da carruagem", o prefeito Sobrinho deverá conquistar muito mais lideranças oriundas do ex-prefeito, já que se observa não ter mais espaço político dentro do município.
Por outro lado, observa-se que, com esse "racha", fica mais do que evidente que a liderança oposicionista do deputado Bosco Carneiro é cada vez mais consolidada, pois mantém intacta a sua equipe política. E mais, o deputado Bosco Carneiro também deu um “golpe fatal” no ex-prefeito Bôda, quando tirou-lhe uma das maiores lideranças políticas da cidade: Beto do Sindicato, que foi vice-prefeito de Bôda. Vale dizer aqui que, segundo Beto, na última eleição Bôda o traiu, motivo pelo qual agora volta a acompanhar o deputado Bosco Carneiro.
Mas o "tiro de misericórdia" veio quando o deputado Bosco Carneiro conquistou o homem mais próximo do ex-prefeito: o vereador Gilberto Marques, que também se sentiu traído pelo ex-prefeito nas últimas eleições.
Diante dessa nova nomenclatura política de Alagoa Grande, vê-se que o ex-prefeito está politicamente "asfixiado", enquanto os seus "rivais" estão trilhando um caminho mais livre em busca de uma consolidação.
Imagine se essas forças estiverem unidas em 2018 e se prepararem para 2020? É preciso ter amadurecimento para não errarem.
Sobrinho, se quiser continuar na prefeitura, tem que procurar se alinhar com Bosco Carneiro em 2018. Se o prefeito vier a apoiar um "forasteiro", além de dar "um tiro no pé" (politicamente), poderá amargar uma acachapante derrota com seu deputado forasteiro, e sepultará de vez a sua chance de reeleição em 2020.
É preciso muita calma nessa hora, pois temos que pensar em Alagoa Grande.
Se Sobrinho e Bosco Carneiro fizerem um pacto em nome de Alagoa Grande, não teremos nenhuma dúvida de que o nosso representante na Assembleia Legislativa sairá de nossa Alagoa Grande com cerca de dez mil votos. E nessa hora temos de ter a consciência de elegermos o nosso filho alagoagrandense, pois Bosco Carneiro será Alagoa Grande e região na "Casa de Epitácio Pessoa". Vamos dizer sim ao filho de nossa terra, e não aos "forasteiros" que só querem "derramar malas de dinheiro" para enganar nosso povo. Queremos união pela nossa terra já!
COM JOSÉ GILDO DE ARAÚJO

JORNALISTA
DRT 4580/97

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Bosco Carneiro consolidado, Sobrinho procurando se firmar e Bôda politicamente asfixiado"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias