|

Metade da bancada da Paraíba ajuda Temer a se livrar de investigação por corrupção; Veja Vídeo

Dos 12 deputados federais que representam a bancada da Paraíba no Congresso Nacional, metade votou para livrar o presidente Michel Temer (PMDB) de ser investigado pelo crime de corrupção passiva, em votação acalorada, nesta quarta-feira (02).
Benjamin Maranhão (SD), Efraim Filho (DEM) e Rômulo Gouveia (PSD), que não haviam divulgado o voto, se juntaram aos deputados Aguinaldo Ribeiro (PP), Hugo Motta (PMDB) e André Amaral (PMDB) na tropa de choque para blindar o peemedebista.
Já no caminho inverso, os deputados federais Luiz Couto, do PT, Pedro Cunha Lima (PSDB), Veneziano Vital (PMDB), Damião Feliciano (PDT) e Wellington Roberto (PR), votaram pela admissibilidade da investigação do presidente pelo Supremo.
O único ausente foi o deputado federal Wilson Filho (PTB). Ele não havia antecipado qual seria seu voto.
O presidente conseguiu mais de 235 votos favoráveis e agora, com a base fortalecida, deve começar a emplacar as reformas que tanto sonha. A tributária e a da previdência já se encontram na agulha e devem, mais uma vez, mexer com vários direitos do trabalhador.
A fatura dos deputados deve ser sentida apenas no pleito de 2018, quando a maioria volta às ruas para pedir votos. Só o resultado do próximo pleito é que poderá dizer se eles foram aprovados como representantes do povo, ou se decepcionaram e não merecem uma nova chance.
VOTO A VOTO
Agnaldo Ribeiro – SIM 
André Amaral – SIM 
Benjamin Maranhão – SIM
Damião Feliciano – NÃO
Efraim Filho – SIM 
Hugo Motta – SIM
Luiz Couto – NÃO
Pedro Cunha Lima – NÃO
Rômulo Gouveia – SIM 
Veneziano Vital – NÃO
Wellington Roberto – NÃO
Wilson Filho – AUSENTE


Fonte: PB Agora

Compartilhe :

veja também

1 comentários Em: "Metade da bancada da Paraíba ajuda Temer a se livrar de investigação por corrupção; Veja Vídeo"

  1. esses corruptos que votaram à favor da corrupção, ano que vem agente vamos lembrar desses canalhas.

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias