|

Verrugas, pus, cólica e até pesadelos podem indicar que você tem uma DST


Apesar de a prevenção ser a melhor alternativa, saber reconhecer os sintomas de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs) é essencial para identificar e tratar o problema rapidamente, evitando que se complique.

A seguir, aprenda identificar os principais sinais:
Sintomas de DSTs
Aids: imunidade baixa

O vírus do HIV pode ficar latente em alguns indivíduos por tempo indeterminado, mas em outros ele pode se manifestar gerando a Aids, que é a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida.

De acordo com a ginecologista Maria Rita Curty, do Hospital e Maternidade São Cristóvão, o problema degenera as células que protegem o organismo de agressões exteriores, deixando-o exposto a diversos acometimentos, como pneumonia, conjuntivite, etc.

Portanto, seus sintomas dependem da doença adquirida em decorrência da baixa imunidade.
Candidíase: vermelhidão e coceira

A ginecologista Maria Rita Curty explica que a candidíase é uma infecção que pode ser transmitida pelo sexo oral. "Na boca, ela deixa a mucosa vermelha e a língua esbranquiçada, além de causar ardor e dificuldade de engolir", conta.

O urologista Thiago Tambelli, do Hospital Samaritano de São Paulo, ainda ressalta que a candidíase pode atingir o homem por relação vaginal com mulher com a infecção. Nestes casos, os sintomas incluem vermelhidão, coceira, ardência e inchaço.
Clamídia: dores ao urinar

A clamídia gera dor pélvica e para urinar e saída de pus pela uretra. No entanto, apenas 10% das mulheres e 30% dos homens apresentam algum sinal, o que dificulta o diagnóstico e faz com que o problema se agrave, evoluindo para linfogranuloma venéreo, doença que gera dois caroços na pelve (um de cada lado) extremamente doloridos, avermelhados e com pus.

Se não tratado, o problema ainda pode causar infertilidade.
Gonorreia: secreção com pus e cólicas

A bactéria da gonorreia se manifesta nos homens com pus saindo pela uretra, que é o canal da urina, e ardência na genitália.

Na mulher, o problema se manifesta do mesmo jeito, com o acréscimo de dores abdominais na região da pélvis, semelhantes a cólicas. Em casos mais graves, a bactéria da gonorreia pode obstruir as trompas uterinas e causar infertilidade.
Hepatite B

Uma das formas de contaminação da Hepatite B é o sexo, seja ele anal, oral ou vaginal.

A doença pode ser assintomática ou apresentar sintomas como tontura, ânsia, vômito, febre, pele e olhos amarelados e urina escura.
Herpes: bolhas d'água

Transmitida pelo contato direto com a lesão, a herpes genital é um tipo de DST comum. Ela se manifesta no homem por vesículas, que são bolhinhas d'água que surgem na região dos testículos, glande, virilha e monte pubiano ("gordurinha" acima da púbis).

Na mulher também surgem bolhas d'água, mas no clitóris, virilha e monte pubiano.
HPV: verrugas genitais

O HPV tem manifestações semelhantes no homem e na mulher, surgindo por meio de verrugas genitais.

No entanto, a manifestação é mais comum no sexo feminino, visto que a vagina tem um ambiente quente e úmido propício para proliferação de micro-organismos.

Em uma pequena parcela dos casos, a lesão pode se tornar câncer de colo de útero ou câncer peniano.
Sífilis: feridas, pesadelos e manchas

A sífilis se manifesta de diferentes maneiras, a depender da fase da doença. Se for a primária, surgem sintomas na pele, como feridas no pênis, vulva, vagina, colo do útero e boca.

De acordo com o departamento de Vigilância, Prevenção e Controle das IST, do HIV/Aids e das Hepatites Virais, o problema não causa coceira ou ardência e as lesões não tem pus. Em alguns casos, também surgem caroços na virilha.

Já a sífilis secundária se manifesta nas vísceras, cirando manchas e lesões múltiplas na pele, parecidas com uma alergia.

O tipo terciário é mais grave e afeta o sistema nervoso central, gerando convulsões, terror noturno, pesadelo, etc.
Sintomas de DST aparecem em quanto tempo?

Segundo a médica Maria Rita Curty, o tempo para a maioria das DST se manifestar no corpo varia de uma a três semanas após o ato sexual que a transmitiu.

"Apenas as doenças causadas por vírus do HPV, AIDS e herpes podem demorar mais tempo", ressalta a especialista. Isso ocorre porque em alguns casos os micro-organismos ficam latentes no organismo, ou seja, inativos, e só se manifestam em quedas de imunidade.

Como os sintomas de DST podem ser passageiros ou simplesmente não se manifestarem, o ideal é realizar exames rotineiros para identificar e tratar qualquer anormalidade precocemente.

(Vix)

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Verrugas, pus, cólica e até pesadelos podem indicar que você tem uma DST"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias