|

Quatro pessoas são assassinadas a tiros na Região Metropolitana de João Pessoa no intervalo de uma hora

Quatro pessoas foram assassinas a tiros na noite desta terça-feira (6), no intervalo de uma hora, na Região Metropolitana de João Pessoa. Na Capital, os crimes aconteceram nos bairros de Paratibe eVieira Diniz, e nas cidades de Santa Rita e Cabedelo, na Grande João Pessoa.
O primeiro homicídio ocorreu no início da noite, por volta das 18h. Marcelo Gomes Sigismundo, de 34 anos, foi morto a tiros. A polícia apurou que ele trabalhava num órgão do Estado e que não possuía antecedentes criminais. Na mesma situação, um rapaz foi baleado e recebeu atendimento do Samu. Ele foi socorrido para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena. Ao verificar a ficha da vítima, os militares descobriram que esse já tinha cumprido pena por roubo. O crime aconteceu num terreno baldio da localidade.
O segundo homicídio foi registrado na cidade de Cabedelo, na região metropolitana da Capital. Marcelino dos Santos Carvalho Júnior tinha 17 anos. O crime aconteceu na rua Cleto Campelo, no bairro Camalaú, próximo à balsa.
A terceira morte aconteceu no bairro Vieira Diniz por volta das 19h14. Anderson França Sousa da Silva, 25 anos, foi executado numa rua Projetada. Segundo a polícia, ele estava dentro de casa quando uma pessoa o chamou. Ele apareceu num terraço e o suspeito efetuou disparos de pistola. Um carro aguardava para dar fuga ao acusado. Relatos da polícia informam que a esposa teria presenciado o delito. O rapaz não tinha envolvimento com crimes.
Por fim, no bairro de Tibiri, em Santa Rita, um estudante de 17 anos foi morto na frente da escola Flávio Maroja, que fica na Rua Patos. Ele já havia sido apreendido por porte ilegal de arma e posse de drogas. Conforme a polícia, o suspeito que atirou na vítima deixou o local a pé.
Redação, com Tambaú 247

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Quatro pessoas são assassinadas a tiros na Região Metropolitana de João Pessoa no intervalo de uma hora"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias