|

Mulher é presa suspeita de mandar matar o ex-marido, que era policial, para ficar com pensão.

Uma mulher foi presa suspeita de matar o ex-marido para ficar com a guarda da filha e com a pensão do antigo companheiro, segundo a Polícia Civil. O crime aconteceu em João Pessoa, há quase um ano, e a prisão da mulher, de 30 anos, aconteceu nesta quarta-feira (8).
A vítima foi o policial rodoviário federal aposentado Antônio Carlos, de 55 anos. Ele foi baleado no dia 25 de julho de 2016, quando parou o carro em que dirigia em um semáforo no bairro da Torre, em João Pessoa. Mesmo ferido, ele tentou dirigir, mas perdeu o controle do carro e bateu em um muro.
Segundo as investigações da Delegacia de Homicídios, o casal estava separado e, dias antes do crime, ele tinha ganhado na Justiça a guarda da filha dos dois. Porém, a ex-mulher não teria aceitado a decisão e chegou a esconder a menina para não entregá-la ao ex-marido.
Outro suspeito do crime está preso desde setembro do ano passado e, segundo a polícia, mantém um relacionamento com a ex-mulher da vítima. “Em setembro, a gente conseguiu prender o executor do crime, que é o atual companheiro da mulher que foi presa ontem. Ele foi preso em flagrante na época por agentes de investigação da Delegacia de Homicídios e ele estava com a arma do mesmo calibre utilizado no cometimento do crime, que foi uma pistola 9mm”, disse o delegado de Homicídios, Reinaldo Nóbrega.
Ainda de acordo com o delegado, a perícia confirmou que a arma apreendida foi a mesma usada no crime. Para a polícia, a mulher mandou matar o ex-companheiro para que a filha ficasse com a pensão. Os dois teriam planejado a morte do policial e vão responder pelo crime de homicídio qualificado.
“Conseguimos buscar um histórico de agressões, intimidações, ameaças que a vítima sofria tanto do executor quanto da ex-companheira, e foi aí que a gente conseguiu fechar o ciclo da investigação e conseguiu colocar ela como a mandante”, esclareceu o delegado.
G1

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Mulher é presa suspeita de mandar matar o ex-marido, que era policial, para ficar com pensão."

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias