|

Polícia prende suspeito de matar agente de trânsito em blitz da 'Lei Seca' na PB

Foi preso nesta segunda-feira (24) o motorista suspeito de atropelar e matar o agente de trânsito Diogo do Nascimento, durante uma blitz da Lei Seca em João Pessoa. O crime aconteceu no bairro do Bessa, na madrugada de 21 de janeiro. Rodolpho Carlos teve a prisão preventiva decretada pelo juiz do 1º tribunal do Juri, Marcos William.
O advogado Sheyner Asfora, responsável pela defesa do réu, informou ao G1 que vai entrar com novo pedido de habeas corpus. "A defesa técnica está tendo conhecimento do inteiro teor da decisão que decretou a prisão preventiva de Rodolpho Carlos para, então, impetrar o Habeas Corpus por entender, com todo respeito à decisão proferida pelo juízo competente, não estarem presentes os requisitos para uma prisão cautelar, uma vez que, desde a ocorrência do fato até o presente momento não há notícias de qualquer evento que venha justificar o encarceramento de Rodolpho Carlos", disse em nota.
À TV Cabo Branco, o juiz Marcos William informou que a prisão foi decretada para preservar a ordem pública e garantir a instrução do processo. O juiz disse ainda que marcou a primeira audiência de instrução do processo para o dia 26 de maio. Nesta audiência, serão ouvidas as testemunhas de defesa e acusação.
A equipe responsável pela investigação do caso é coordenada pelo delegado de homicídios Reinaldo Nóbrega, da Polícia Civil. Rodolpho Carlos foi levado para audiência de custódia na Central de Polícia, em João Pessoa, e após audiência de custódia será decidido para qual presídio ele será encaminhado. Ele passou a ser réu no processo no dia 7 de fevereiro.
O CASO
Diogo Nascimento foi atropelado na madrugada do dia 21 de janeiro quando trabalhava em uma operação da Lei Seca no Bessa, em João Pessoa. O acusado de atropelá-lo, Rodolpho Carlos, desobedeceu a ordem de parada e avançou um Porsche sobre o agente. A vítima chegou a ser socorrida para o Hospital de Emergência e Trauma Senador Humberto Lucena, mas morreu no dia seguinte.
A Justiça pediu que Rodolpho fosse preso, mas o desembargador Joás de Brito concedeu habeas corpus na madrugada do domingo (22), antes mesmo do suspeito ser detido. O carro dele foi apreendido. Durante a semana que se sucedeu ao atropelamento, a Polícia Civil e o Ministério Público da Paraíba formularam novo pedido de prisão de Rodolpho e o caso ficou pendente até esta segunda-feira (24), quando foi tomada a decisão do juiz Marcos William.

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Polícia prende suspeito de matar agente de trânsito em blitz da 'Lei Seca' na PB"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias