|

A Estratégia é isolar Sobrinho?

Quem não lembra do que já comentamos aqui de que o prefeito havia colocado em sua administração quase todo secretariado da administração anterior? Pois bem, agora o prefeito de Alagoa Grande, Antonio Sobrinho, começa a enfrentar um grande dilema político depois do anúncio, por parte de alguns membros do grupo Régis, de que o ex-prefeito Bôda poderá sim ser candidato a Deputado Federal!!
Aliás, o ex-prefeito parece não está nem aí para o que possa estar pensando Sobrinho, pois ele, Bôda, continua visitando as comunidades do município sem dar nenhuma satisfação ao atual Chefe do Executivo municipal, mesmo mantendo sua base política dentro da atual gestão do prefeito Sobrinho.
Bôda parece está em plena campanha, sem dar nenhuma satisfação ao seu pseudo "aliado". E assim, vem fazendo diversas visitas e participando de eventos dentro do município, sempre ladeado por pessoas que fazem parte da gestão de Sobrinho.
É óbvio que muitas dessas pessoas que votaram com o atual prefeito, só que dizem que se o ex-prefeito for candidato, votará com ele. E é aí onde se interroga com quem esse pessoal ficará já no próximo ano. Segundo comentários na cidade, semana passada Sobrinho foi até a zona rural da cidade para fazer algumas visitas - que é praxe de qualquer administrador - e ao chegar em uma delas, deu de cara com o ex-prefeito Bôda, que o cumprimentou e saiu.
Pelo visto, a estratégia é, sem sombras de dúvidas, de aos poucos isolar o prefeito politicamente para quando 2018 chegar as áreas de atuação política de Sobrinho já estejam todas "minadas". Indo mais além, talvez o objetivo seja o de haver uma polarização política na cidade entre os candidatos chamados da "Terra".
A propósito, um ex-vereador, próximo ao ex-prefeito Bôda, disse esta semana a este colunista que desejaria ver Bôda e Júnior Carneiro terem oito mil votos, e os candidatos do prefeito Sobrinho cerca de mil ou mil e quinhentos votos. E disse mais: “Bôda é candidatíssimo, sim senhor”. O que mais se fala nos bastidores da política alagoagrandense é o de que o prefeito Sobrinho não tem grupo político, por isso corre um sério risco de não obter os votos necessários para os seus futuros candidatos, o que será desmoralizante para quem está a frente de um poder.
É bom lembrar que Bôda em sendo aliado do deputado Wellington Roberto, que tem seu filho como secretário de Estado, Bruno Roberto, pela lógica, apoiará o grupo do governador Ricardo Coutinho, que aumentará substancialmente sua força no município.
Além do Prefeito enfrentar esse conflito que é mais do que eminente, também irá ter uma oposição forte em Alagoa Grande que é o grupo Carneiro, que vem muito coeso (unido), principalmente depois da construção da obra da "BARRAGEM PITOMBEIRA" pelo Governo do Estado, atendendo uma solicitação do deputado alagoagrandense Júnior Carneiro; e mais, deverá vir reforçado do ex-vice prefeito Beto do Sindicato dando-lhes apoio incondicional na sua reeleição.
Diante do que estamos observando, vemos que se o prefeito Antonio da Silva Sobrinho não tomar medidas políticas drásticas e urgentes, poderá amargurar grandes frustrações no próximo ano, aí já será tarde, "INÊS É MORTA". E, infelizmente, se o resultado das eleições não for satisfatório, trará grande descontentamento ou até desilusões políticas.
Parece que o que mais impera hoje no governo é o silêncio estratégico. O reflexo disso saberemos no próximo ano. Ou Sobrinho forma seu grupo e mostra força ou estará fadado a ficar no ostracismo político. Mas, se fizer as devidas modificações estratégicas, poderá estar dando um passo largo para a sua consolidação administrativa e Política. Vamos continuar acompanhando. 
COM JOSÉ GILDO DE ARAÚJO
JORNALISTA
DRT 4580/97

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "A Estratégia é isolar Sobrinho?"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias