|

Médico é demitido de hospital paraibano por não atender bebê de dois meses

Um médico plantonista foi demitido do Hospital Municipal de Juazeirinho por se recusar a atender, na noite desta quarta-feira (8), um bebê de dois meses, que apresentava um quadro febril.

A mãe do bebê, Anabilly Nóbrega, 17 anos, foi ao hospital em busca de atendimento para o filho, que estaria com febre. No entanto, ao chegar no centro de saúde, o médico teria se recusado a atender o bebê e permanecido trancado no apartamento destinado ao repouso por cerca de uma hora.

A adolescente, com um filhos nos braços ardendo em febre, chegou a chorar devido a demora do médico em atendê-lo.

Uma tia avó da criança, identificada como Maria Jorge, disse que devido a demora do médico, teria ido com uma cunhada ao local onde estava o profissional. “Uma discussão aconteceu”, relata.

“Depois de muita demora, ele atendeu a criança, porém com muita arrogância, ignorância, prepotência e mal educado”, acrescentou Maria.

Nesta quinta-feira (09), a secretária Municipal de saúde, Josenilda Morais, ao ser informada do acontecido pela diretora do hospital, Cláudia Martiniano, que confirmou a recusa do médico em atender de pronto a criança, telefonou para o diretor clínico do hospital, Petrúcio Brito, e pediu para que ele demitisse o profissional.
WSCOM

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Médico é demitido de hospital paraibano por não atender bebê de dois meses"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias