|

Intoxicação alimentar: tudo o que você precisa saber para evitar

Com certeza você já comeu alguma comida que não lhe fez bem, não é mesmo? Diarreia, vômitos, cólicas são alguns dos sintomas sentidos após a ingestão de algum alimento contaminado por toxinas eliminadas por micro-organismos.
O que é a intoxicação alimentar?
A intoxicação alimentar pode ser definida como um problema causado pela ingestão de alimentos contaminados por toxinas eliminadas por micro-organismos, tais como fungos e bactérias. Vale destacar que, na maioria dos casos, a intoxicação é provocada pela ingestão de alimentos contaminados por bactérias. Como exemplo de bactérias que causam intoxicação, podemos citar o Clostridium botulinum, que elimina uma toxina que causa o botulismo, e Staphylococcus aureus, que provoca a intoxicação estafilocócica.
→ Principais sintomas da intoxicação alimentar
A intoxicação alimentar normalmente gera impactos no sistema digestório, entretanto, pode afetar outros sistemas, como o sistema nervoso e genital. Entre os principais sintomas, podemos citar:
Náusea;
Vômito;
Diarreia;
Dores abdominais;
Febre;
Sudorese.
→ O que fazer em casos de intoxicação alimentar?
Normalmente, a intoxicação alimentar resolve-se rapidamente. Os sintomas acabam em poucos dias e não é necessária, na maioria das vezes, a internação. Entretanto, dependendo do organismo causador, a intoxicação pode ser grave e até mesmo causar o desenvolvimento de outros problemas a longo prazo. A principal medida de tratamento é garantir a hidratação (beber muito líquido). Entretanto, se os sintomas se tornarem mais intensos ou perdurarem por muitos dias, é necessário procurar ajuda médica.
→ O que podemos fazer para nos prevenir da intoxicação alimentar?
Para evitar uma intoxicação alimentar, devemos, em primeiro lugar, ter certeza de que o alimento foi feito em um ambiente adequado e de maneira higiênica. Caso você esteja comendo em um restaurante, por exemplo, deve observar se as pessoas que manipulam os alimentos estão com roupas adequadas e usando touca e se o alimento está armazenado na temperatura adequada.
No que diz respeito à higiene pessoal, é importante sempre lavar bem as mãos antes das refeições e não compartilhar pratos, copos e talheres. Além disso, devemos selecionar bem os alimentos que serão ingeridos, não deixar alimentos armazenados por muito tempo, utilizar sempre água potável, nunca deixar alimentos cozidos perto de alimentos crus e garantir o armazenamento adequado do que será ingerido.
UOL

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Intoxicação alimentar: tudo o que você precisa saber para evitar"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias