|

Prefeitura da Baía da Traição resolve cobrar até R$ 150 por estacionamento no Carnaval

Considerado um dos mais tradicionais carnavais do litoral paraibano, este ano a praia de Baía da Traição será um destino proibido para muitos. Graças à decisão da Prefeitura de cobrar caro pelo estacionamento de carros, ônibus e micro-ônibus que se dirigirem à cidade nos próximos dias 27 e 28.

Segundo comunicado da Secretaria Municipal de turismo, os proprietários de veículos de turismo, como ônibus, micro-ônibus, vans e similares, só poderão estacionar ou mesmo circular no município se, primeiro, fizerem o pagamento de taxas que variam de R$ 60 a R$ 150.

Diante da cobrança, é esperado que o custo da folia aumente também para o folião que utiliza esse tipo de transporte, especialmente no esquema ‘bate e volta’. Vans, trailers e similares devem pagar R$ 60, micro-ônibus fretados R$ 100 e e ônibus fretados, R$ 150. O pagamento das taxas dá direito ao acesso, circulação e estacionamento.

Nas redes sociais, internautas reclamam dos valores – que consideram abusivos – e afirmam que tal medida vai prejudicar o comércio do município nessa época do ano.

Em matéria de carestia, as exigências da Prefeitura colocam Baía da Traição em posição similar à da Ilha de Fernando de Noronha, na qual o turista tem que pagar pelo acesso. A Baía, tão visitada nos anos anteriores, pode sofrer uma retração na presença de turistas este ano em razão da cobrança adotada.

O Carnaval na Baía da Traição acontece entre os dias 24 e 28 de fevereiro, com shows em praça pública. Dentre as atrações confirmadas para este ano estão As Poderosas, João Lima e Rafael Sacanão.

O Blog tentou contato com a Prefeitura Municipal e a Secretaria de Turismo de Baía da Traição, mas os números que constam na Internet (3296-1100 e 3296-1457) não funcionam.

Portal Independente

Compartilhe :

veja também

1 comentários Em: "Prefeitura da Baía da Traição resolve cobrar até R$ 150 por estacionamento no Carnaval"

  1. Ministério público a sociedade precisa da sua ajuda. Taxa totalmente abusiva e inconstitucional. Fere o principio do direito de ir e vir. Causa pétrea do artigo 5 da Constituição. O Estado juiz diante dessa aberração vai deferir qualquer liminar para garantir o direito de ir e vir

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias