|

Vereador eleito e preso suspeito de crime de pistolagem renuncia antes da posse

O vereador eleito Ubiraci Rocha (PPS), preso por suspeita de pistolagem, em Catolé do Rocha, Sertão paraibano, não assumiu o cargo ontem, dia da posse dos vencedores nas eleições municipais de 2016.
Ubiraci Rocha, que já havia sido proibido de assumir o cargo pela Justiça, renunciou o mandato antes da cerimônia de posse. Um mandado de segurança também determinou a posse do suplente Valdeci Dantas da Cunha (PTB), que assumiu a titularidade.
A cerimônia de posse dos12 vereadores eleitos e mais um suplente (Cláudio De Oliveira Costa (PSDB), Cleverlando Da Silva Barreto (PTB), Garber Jardel Cavalcante Diniz (DEM), Gentil Lira Barreto (PSL), Geraldo Amélio De Lima (PR), Jessé Rafael De Figueiredo (PTdoB), José Otávio Maia De Vasconcelos Filho (PRB), Marcos Barreto Evangelista (PPS), Pedro Pereira De Araújo (DEM), Polianna de Assis Maia (PTB),Themistoclys Marinho Barreto (PR), Ubanaldo Melo Da Silva (SD) e Valdeci Dantas da Cunha (PTB), foi realizada  no  auditório do Centro Estudantil de Cultura Geraldo Vandré.
Vereadores fazem tomaram posse  ontem no Centro Estudantil de Cultura ‘Geraldo Vandré’. (Foto Catolé News)
O tucano Cláudio de Oliveira Costa foi eleito presidente da Câmara para o biênio 2017/2018.
Enquanto isso, Ubiraci Rocha continua no Presídio Padrão Manoel Gomes, em Catolé do Rocha. O ex-vereador foi preso no dia 9 de maio, em uma operação do Grupo de Operações Especiais (GOE) da Polícia Militar da Paraíba, realizando transações bancárias em uma agência de João Pessoa.



Catolé News

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Vereador eleito e preso suspeito de crime de pistolagem renuncia antes da posse"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias