|

Polícia identifica responsáveis por mortes no presídio de Patos

A polícia apontou três detentos como responsáveis pelos assassinatos de dois detentos (Darlan Alves dos Santos e Maílson dos Santos Nunes) e ferimentos em dois (Felipe Alves dos Santos e Danilo Silva Gomes), durante rebelião ontem no interior do presídio de Segurança Máxima Romero Nóbrega, em Patos.
Darlan Alves dos Santos foi preso em janeiro de 2011, acusado de tráfico de drogas. Já Maelson dos Santos, estava no presídio deste agosto de 2015, acusado de assassinar um jovem no bairro do Mutirão, naquela cidade sertaneja.
De acordo com o delegado de Homicídios e Entorpecentes de Patos, Diego Beltrão os suspeitos são Aluísio Lopes Ferreira, vulgo “Aluísio dos Veados”, José Valdeir Cândido Rodrigues (Gordo), e Marcos André dos Santos Feitosa Filho.
Segundo o delegado, os três pertencem à facção Estados Unidos – a mesma dos presidiários mortos. “Foi uma disputa dentro da organização criminosa”, declarou.
Os suspeitos  serão transferidos para o PB1, em João Pessoa.
Hoje pela manhã, a PM encontrou um revólver calibre 38, dezenas de facas artesanais, munições de calibre 38, aparelhos celulares, carregadores e drogas no interior do presídio.

Armas e objetos apreendidos pelas forças policiais. (Reprodução/MaisPatos)

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Polícia identifica responsáveis por mortes no presídio de Patos"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias