|

Nepotismo marca o início do novo governo do prefeito e vice.

O prefeito reeleito de Bananeiras, Douglas Lucena (PSB), apresentou na tarde de ontem (03), durante entrevista na rádio Integração do Brejo, os nomes que vão compor o quadro da prefeitura na gestão 2017/2020. Um dado interessante é que o gestor e seu vice Guga Aragão nomearam para o primeiro escalão do seu governo inúmeros parentes. Guga é sobrinho do ex-deputado Ramalho Leite e foi indicado pelo mesmo para compor a chapa.

Para a pasta da Secretaria Municipal de Saúde, já ocupada por Clélia Lucena(Tia do Prefeito) no ano de 2013, o prefeito nomeou sua esposa Maryjanne Lucena; para o Desenvolvimento Social, pasta já ocupada pela primeira-dama, foi nomeada Carolina Ramalho (Sobrinha de Ramalho e Prima do Vice); Adjunto da Procuradoria: Ricardo Ramalho Filho (Primo do Vice e Neto de Ramalho); Planejamento: Guga Aragão Ramalho (O Próprio Vice); IBPEM: Augusto Aragão (Cunhado de Ramalho e Pai do Vice) e Adjunta do IBPEM: Ana Ramalho (Tia do Vice e irmã de Ramalho). Apesar de jovens, práticas políticas atrasadas permearam a escolha do secretariado, como se pode observar.

Várias secretarias sofreram alterações, com surpresa para alguns nomes, a exemplo do professor da UFPB, Genival Azeredo, e do ex-prefeito de Dona Inês, Antônio Justino, que assumiram respectivamente a pasta de Educação e Procuradoria Geral do Município. O prefeito informou que apenas três secretários permaneceram ocupando o mesmo cargo. Com todas as mudanças, o secretariado no geral possui os mesmos rostos, sendo portanto, velhas novidades.

Base desprestigiada – Com a nomeação de tantos parentes, restou a base aliada do prefeito se contentar com as migalhas, ou as vezes nem isso. A ex-vereadora e Suplente Cristina Carvalho teve que se contentar com uma diretoria, que não possui status de secretaria, a Diretora da Mulher. O Vereador Biu, mesmo sendo o mais votado das eleições passadas e sendo do partido do prefeito, não conseguiu emplacar ninguém nem no 2° escalão do governo municipal. O mesmo aconteceu com o vereador Marcelo Bezerra, como com os aliados Paulo Brito e Antônio Marques, que embora tenham tidos votações expressivas, não foram lembrados pelos prefeito e vice.

Com reporterpb.com.

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Nepotismo marca o início do novo governo do prefeito e vice."

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias