|

Impunidade! Atropelamento de agente de trânsito na Paraíba repercute nacionalmente

Diversos veículos de comunicação por todo Brasil destacaram a polêmica da impunidade, a favor de Rodolpho Gonçalves Carlos da Silva, herdeiro do maior grupo da indústria alimentícia da Paraíba e da afiliada da TV Globo no estado, que é acusado de atropelar e matar um agente do Detran ao fugir de uma blitz da Operação Lei Seca na madrugada de sexta para sábado (21), em João Pessoa está tendo destaque nacional.

A vítima Diogo Nascimento Sousa de 34 anos faleceu na noite de ontem, domingo (22).

O Correio Braziliense destacou:

Prisão de empresário que atropelou e matou agente do Detran é revogada

Filho de magnata do ramo da indústria alimentícia, Rodolpho Carlos Silva, atropelou um agente do Detran durante uma blitz da Lei Seca. Ele teve o pedido de prisão preventiva suspenso por desembargador amigo da família

Do site Veja.com

Neto de ex-senador da Paraíba atropela agente da Lei Seca e foge

Rodolpho da Silva, cujo avô José da Silva Jr. também foi vice-governador, tem prisão decretada e, sete horas depois, revogada; vítima tem morte cerebral

Do Uol, o Blog do Sakamoto questionou:

Brancos ricos e negros pobres que cometem crimes têm o mesmo tratamento?

Atente para o enunciado:

Dirigindo o carro de seu pai, um jovem desobedeceu uma ordem de parada, furou uma blitz da operação Lei Seca, atropelou o agente de trânsito Diogo Nascimento de Souza (que morreu logo depois) e fugiu sem prestar socorro, neste sábado (21), em João Pessoa, na Paraíba.

Considerando que o desfecho da história foi o seguinte:

O jovem teve a prisão temporária decretada na mesma noite, mas conseguiu um habeas corpus do desembargador Joás de Brito Pereira Filho às 3h da madrugada. Segundo o magistrado, não havia ”justa causa para justificar o cerceamento do direito de locomoção” do motorista.

Qual desses duas biografias teria maior probabilidade de ser o motorista:
a) José da Silva, jovem e negro, dirigia o Monza branco da família. Seu pai é chapeiro em uma lanchonete no centro de João Pessoa e sua mãe, manicure. Ele, que conseguiu um serviço como atendente na lanchonete em que o pai trabalha, é o primeiro da família a ter terminado o ensino médio.
b) Rodolpho Gonçalves Carlos da Silva, jovem e branco, dirigia o Porcshe branco da família. É neto de José Carlos da Silva Júnior, ex-senador e ex-vice governador da Paraíba, herdeiro do Grupo São Braz, um dos maiores produtores de café torrado do país e que sua família também controla empresas de comunicação, entre elas, uma afiliada da Rede Globo.

O site congresso em Foco publicou:

Revogação de prisão de neto de ex-senador causa revolta na Paraíba

Herdeiro do maior grupo da indústria alimentícia da Paraíba e da afiliada da TV Globo é acusado de atropelar e matar um agente do Detran ao fugir de uma blitz da Lei Seca. Juíza mandou prendê-lo, mas desembargador revogou a prisão às 3h da madrugada.

E o Bom Dia Brasil sentenciou:

Uma festa pra impunidade

Compartilhe :

veja também

1 comentários Em: "Impunidade! Atropelamento de agente de trânsito na Paraíba repercute nacionalmente"

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias