|

Polícia prende em Campina Grande três acusados de integrar quadrilha de explosões de bancos

A Polícia Civil da Paraíba, por meio de uma ação investigativa da Delegacia de Crimes contra o Patrimônio (Roubos e Furtos) de Campina Grande, prendeu, no último fim de semana, três pessoas suspeitas de integrar uma quadrilha especializada em explosões de caixas-eletrônicos.



De acordo com a delegada adjunta da especializada, Ellen Maria, a ação ocorreu após a Delegacia de Roubos e Furtos de João Pessoa repassar algumas informações de uma investigação que estava em andamento, apontando que um grupo estaria se preparando para usar explosivos para roubar instituições bancárias na região de Campina Grande e em cidades vizinhas.

Foram presos: Luana da Silva Pereira, de 23 anos; Saul Ferreira Lima, de 26 anos e Flávio Tibério de Oliveira, de 36 anos. Uma quarta pessoa envolvida com o grupo está foragida: Flávio Barbosa Clementino

"Nós recebemos os dados e, consequentemente, iniciamos um processo investigativo. Chegamos a uma casa no bairro do Itararé que servia de esconderijo para um grupo de criminosos. Ao chegar ao local, conseguimos prender em flagrante três pessoas e apreender diversos materiais que seriam usados nas ações criminosas contra instituições financeiras nos próximos dias", disse a autoridade policial.

Foram presos: Luana da Silva Pereira, de 23 anos; Saul Ferreira Lima, de 26 anos e Flávio Tibério de Oliveira, de 36 anos. Ainda segundo a delegada Ellen Maria, uma quarta pessoa envolvida com o grupo está foragida: Flávio Barbosa Clementino. "Dentro da casa do bairro do Itararé, encontramos diversos materiais que comprovam a atitude criminosa dos presos", afirmou.

Além de cinco bananas de dinamite, foram recolhidos: uma espingarda calibre 32; uma espingarda de retrocarga; duas alavancas, um colete balístico; uma pistola, uma balança de precisão, máscaras, entre outros artefatos. Os presos foram encaminhados para a sede da Delegacia de Roubos e Furtos e ficarão à disposição da Justiça. Eles vão responder pelos crimes de associação criminosa, posse e porte de material explosivo e bélico ?"



Portal AG1 com Secom-PB

Compartilhe :

veja também

0 comentários Em: "Polícia prende em Campina Grande três acusados de integrar quadrilha de explosões de bancos "

Deixe um comentário!

Atenção: Não escreva pornografia ou ofensa pessoal.

Faça seu orçamento sem compromisso!
Faça parte desta campanha! Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs Publicidade how to make gifs

últimas notícias